QUARTA-FEIRA, 16 DE OUTUBRO DE 2019
Plantão
Destaques

Queimadura de 1º, 2º e 3º grau – diferenças, como tratar e o que não fazer

Publicado dia 28/06/2019 às 13h09min
Queimadura pode ocorrer com qualquer um, na cozinha, tomando sol ou no trabalho.

Primeiramente, vale ressaltar que é importante procurar um médico.

A queimadura é uma ferida na pele, aqui no Segredos do Mundo será mostrado tudo sobre queimadura, seus tipos, estágios, todos os cuidados para evitar que as camadas mais profundas continuem queimando e assim por diante.

 

 É importante destacar que existem vários tipos de queimadura. Dentre elas estão as queimaduras térmicas, químicas, elétricas ou radioativas, ou então em casos mais raros queimaduras por animais. Como por exemplo, por água viva.

 E os principais agentes causadores são: Líquidos superaquecidos, combustível, fogo, superfície superaquecida. Além de, eletricidade, agentes químicos, agentes radioativos, radiação solar, frio e fogos de artifício.

As mais comuns de ocorrer são aquelas que são provocadas por fontes de calor. Como por exemplo, fogo, líquidos ferventes, vapores, objetos quentes, queimadura de sol, ou por uma exposição ao frio intenso.

Enquanto as queimaduras químicas são aquelas provocadas por substâncias químicas, que entram em contato diretamente com a pele, ou então através das roupas. Já as queimaduras por eletricidade, como o próprio nome diz, são as queimaduras provocadas por descargas elétricas.

Complicações possíveis

Tudo sobre queimadura de 1º, 2º e 3º grau. Leia agora

Tudo sobre queimadura de 1º, 2º e 3º grau. Leia agora

Segredos do Mundo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Esse tipo de queimadura pode causar infecções, pois a pele fica exposta e mais fácil de contrair infecção bacteriana. Além de volume sanguíneo baixo, pois em alguns casos pode danificar os vasos sanguíneos e causar perdas de fluídos.

Outras complicações são também temperatura corporal perigosamente baixa, pois a pele ajuda a controlar a temperatura do corpo, então quando uma grande parte da pele é ferida, você perde o calor do corpo. Além de problemas respiratórios. Pois respirar um ar quente ou fumar pode queimar as vias aéreas e causar dificuldades respiratórias.

Podendo também causar cicatrizes, como já dissemos. além de problemas ósseos e articulares, pois dependendo do grau da sua queimadura, ela pode limitar o movimento dos ossos e articulações.

 Queimadura de 1º grau

Tudo sobre queimadura de 1º, 2º e 3º grau. Leia agora

Tudo sobre queimadura de 1º, 2º e 3º grau. Leia agora

Segredos do Mundo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

As queimaduras de 1º grau são as menos perigosas, na verdade, são as queimaduras superficiais. No entanto, elas afetam só a epiderme, que é a camada superficial da pele. Para você conseguir identificar se a sua queimadura é de 1º grau, basta olhar na região, as queimaduras de 1º grau geralmente são secas e não produzem bolhas.

Geralmente, as queimaduras de 1º grau melhoram de 3 a 6 dias, nesses dias elas costumam descamar, e se cuidar da forma correta, ela também não deixa cicatriz e nem sequelas. Portanto, os sintomas desse tipo de queimadura são intensa dor e vermelhidão no local. Porém, se tocar na pele, aparecerá uma certa palidez.

E se o seu caso realmente for as queimaduras de 1º grau, você deve colocar a região queimada debaixo de uma água fria, por pelo menos 15 minutos. Após fazer isso, é indicado manter diariamente um pano umedecido com água fria na região. E lembre-se não aplica nada, que não seja uma pomada hidratante ou cicatrizante para queimaduras.

Queimadura de 2º grau

Tudo sobre queimadura de 1º, 2º e 3º grau. Leia agora

Tudo sobre queimadura de 1º, 2º e 3º grau. Leia agora

Segredos do Mundo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Vale ressaltar que dentro das queimaduras de 2º grau, existem ainda dois tópicos. No caso existem as queimaduras de 2º grau superficial e as queimaduras de 2º grau profundo. Para lhe explicar melhor, a de 2º grau superficial, é bem parecida com a de 1º grau.

A queimadura de 2º grau superficial também envolve só a epiderme e os sintomas são também semelhantes, porém nesse ocorre o aparecimento de bolhas e uma aparência úmida da lesão. Sua cura pode demorar em torno de 3 semanas e elas também não costumam deixar cicatriz, se cuidar da forma correta.

Enquanto as queimaduras de 2º grau profundas, como é de se imaginar, elas não só envolve a epiderme, como também toda a derme, podendo até mesmo destruir as terminações nervosas da pele, as glândulas sudoríparas e os folículos capilares. Consequentemente, deixando a pele mais seca e sem pelos.

No entanto, esse tipo de queimadura pode demorar até 3 semanas para a cicatrização, e pode deixar cicatrizes, dependendo da região e do modo tratado. Esse tipo de queimadura como é de se esperar, ela é um pouco mais dolorosa que as demais, elas provocam vermelhidão, inchaço, bolhas e uma dor intensa.

Para você cuidar de forma correta desse tipo de queimadura, é necessário que você também coloque o local afetado debaixo da água fria, lave cuidadosamente a região com água fria e sabão de pH neutro.Logo após, é indicado cobrir a região com gaze molhada ou com vaselina, e trocar sempre que for necessário.

 

Sobretudo, em hipótese alguma, não fure as bolhas e novamente não aplique nenhum tipo de produto no local que não seja um hidratante. E dependendo do grau da sua queimadura procure um médico.

Queimadura de 3º grau

Tudo sobre queimadura de 1º, 2º e 3º grau. Leia agora

Tudo sobre queimadura de 1º, 2º e 3º grau. Leia agora

Segredos do Mundo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

As queimaduras de 3º grau, como é de se esperar, são as mais preocupantes, e as mais graves. Basicamente, elas são bem mais profundas, esse tipo de queimadura afeta toda a derme e ainda atinge tecidos subcutâneos, destruindo os nervos, os folículos pilosos, as glândulas sudoríparas e capilares sanguíneos. Em alguns casos elas atingem até mesmo músculos e estruturas ósseas.

As queimaduras podem também ser classificadas como leves, moderadas e graves. As leves são as queimaduras de 1º grau, que representam menos de 10% da superfície corporal. Enquanto as moderadas e graves, são as queimaduras que envolvem mais de 10% da superfície corporal. Basicamente, todas as queimaduras de terceiro grau que envolvem mais de 1% do corpo são classificadas como moderadas ou graves.

Esse tipo de queimadura são lesões esbranquiçadas, secas, indolores e deformantes, as quais não curam sem o apoio cirúrgico. Portanto, a gravidade do caso é que determinará quais serão as chances e probabilidades de complicações e como será o tratamento.

Esse tipo de queimadura, exige ainda mais de cuidado, inclusive em alguns casos elas podem até colocar a vida da pessoa em risco. Por isso é recomendado que vá para o hospital imediatamente, e logo após a queimada, coloque água da torneira ou soro fisiológico na região. Após isso, é ideal colocar uma gaze umedecida em soro fisiológico na região afetada. E claro, deixar para que o médico cuide e determine os cuidados necessários.

Tratamento de queimaduras

Tudo sobre queimadura de 1º, 2º e 3º grau. Leia agora

Tudo sobre queimadura de 1º, 2º e 3º grau. Leia agora

Segredos do Mundo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Primeiramente, certifique-se de qual grau e qual tipo é a sua queimadura. Caso a sua queimadura seja dos estágios mais perigosos e que exigem mais cuidados, é imprescindível que você vá para o médico. Até porque, ele saberá tratar da forma correta a sua queimadura.

Portanto, vale ressaltar que se sua queimadura for mais grave, como já dissemos, vá direto para o médico. Agora se a sua queimadura for mais leve, indicamos você colocar água fria na ferida. Além do mais é necessário limpar a ferida com cuidado para evitar infecções.

Em alguns casos é necessário a aplicação do creme antibiótico. O qual irá ajudar a prevenir uma possível infecção, além de criar uma barreira para impedir a entrada de mais bactérias. E claro, após passar a pomada, é necessário que faça um curativo na zona. Dependendo do caso, administre uma vacina antitetânica.

No entanto, os cuidados domiciliares mais recomendados é sempre manter a zona que foi queimada limpa e envolvida com gaze. E se possível, tomar analgésicos durante alguns dias. E claro, se der bolhas não mexa nelas, agora se elas se romperem limpe suavemente a área com sabão neutro e água.

No entanto, o mais recomendado é deixar a queimadura mais resfriada, com toalhas úmidas, ou com água fria. E claro, vá ao médico caso a sua queimadura seja mais grave, ou caso você não saiba do que fazer, ou tenha dúvida de como fazer.

O que não se deve fazer 

Tudo sobre queimadura de 1º, 2º e 3º grau. Leia agora

Tudo sobre queimadura de 1º, 2º e 3º grau. Leia agora

Segredos do Mundo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

-Tocar a queimadura com as mãos

-Furar as bolhas

-Tentar descolar tecidos grudados na pele queimada

-Retirar corpos estranhos ou graxa do local queimado

-Colocar manteiga, pó de café, creme dental, sal ou qualquer outra substância que não seja água

- Não pode colocar gelo. Até porque o frio excessivo pode causar irritação, ou até mesmo piorar a queimadura

Para finalizar, vale ressaltar que dependendo da queimadura ela pode ser tratada em casa. Porém, é aconselhável que vá para o hospital caso a sua queimadura seja de 2º grau e também quando a queimadura for  maior que o palmo da sua mão, independente do grau. Ou se for uma queimadura de 3º grau.

 

Fonte: por Segredos do Mundo