Discussão por causa de som alto termina em briga e morte em Uberaba, diz PM

Discussão por causa de som alto termina em briga e morte em Uberaba, diz PM

Uma briga entre vizinhos por causa de som alto terminou na morte de uma jovem nesse domingo (10) em Uberaba. Segundo a Polícia Militar, o principal suspeito é o ex-cunhado da vítima, que fugiu.

Consta na ocorrência que a moça estava em casa, a Rua Laudourina Maria Jesus, Bairro Jardim Primavera, com um amigo e o atual namorado, 25 e 29 anos, além das duas filhas de 7 e 9 anos.

Em determinado momento, a energia da casa desligou e o grupo foi até a rua ver o que ocorreu. Foi quando se depararam com o suspeito, 30 anos, que é irmão do ex-namorado da jovem.

A moradora questionou o homem que afirmou ter desligado a energia porque o som estava muito alto. Ambos entraram em discussão que foi separada pelo amigo e o namorado. A jovem entrou novamente na residência e os dois visitantes disseram para diminuir o som, mas ela se recusou.

Ainda segundo a PM, um dos rapazes viu o vizinho pulando o muro e adentrando a residência da vítima com um faca em mãos. Eles tentaram impedir que o suspeito entrasse no local, mas não foi possível. Ele então desferiu facadas na vítima e fugiu.

As testemunhas saíram do local em busca de socorro e com medo de serem esfaqueadas também, voltando a residência no momento que a PM chegou.

O óbito foi constatado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que levou o corpo para o Instituto Médico Legal (IML). O pai das filhas da vítima foi chamado para cuidar das crianças.

Relacionamento perigoso

A polícia contou que, além da discussão pelo som, o suspeito é irmão de um ex-namorado da vítima que já fez diversas ameaças de morte.

Segundos relatos, o ex-namorado dizia que se ficasse sabendo que a mulher estivesse se relacionando com outro homem, ele a mataria.

G1 entrou com a Polícia Civil de Minas Gerais para saber se foi aberto um inquérito sobre a ocorrência e se estão investigando o caso. Mas não responderam até a última atualização desta reportagem.

admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: