Pesquisa Datafolha: 42% dos eleitores de BH votariam em candidato investigado por corrupção

Pesquisa Datafolha: 42% dos eleitores de BH votariam em candidato investigado por corrupção

Pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (22) mostra que 42% dos eleitores de Belo Horizonte votariam em candidato investigado por corrupção em alguma situação. Os outros 58% não votariam nesses candidatos em nenhuma situação.

Veja os dados:

Você votaria ou não em algum candidato a prefeito que já foi investigado por corrupção?

Se esse candidato investigado por corrupção já tiver tido um cargo público e feito melhorias para a população:

  • Sim: 34%
  • Não: 62%
  • Não sabe: 3%

Se esse candidato investigado por corrupção prometer fazer obras e trazer melhoras para a cidade:

  • Sim: 19%
  • Não: 79%
  • Não sabe: 2%

Se esse candidato investigado por corrupção for conhecido e tiver prestígio:

  • Sim: 17%
  • Não: 81%
  • Não sabe: 2%

Se esse candidato investigado por corrupção defender as ideias e os princípios em que você acredita:

  • Sim: 24%
  • Não: 73%
  • Não sabe: 3%

Além disso, a pesquisa perguntou aos eleitores sobre os fatores para decisão do voto.

Antes de definir o seu/sua candidato (a) para prefeito, você costuma ou não pesquisar sobre a trajetória dele na vida pública?

  • Sim: 71%
  • Não: 29%

Você votaria ou não em um candidato a prefeito que você não conhece muito, mas que foi indicado por seus amigos ou parentes?

  • Sim: 22%
  • Não: 78%

Você procura ou não se informar se os(as) candidatos(as) a essa eleição já foram acusados de corrupção?

  • Sim: 72%
  • Não: 28%

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e jornal “Folha de S.Paulo”.

Sobre a pesquisa

  • Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos
  • Quem foi ouvido: 868 eleitores da cidade de Belo Horizonte
  • Quando a pesquisa foi feita: dias 20 e 21 de outubro
  • Número de identificação na Justiça Eleitoral: MG-02866/2020

O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro.

FONTE: G1.COM

admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: