Vírus suspendeu 6.000 shows por mês no país, estima Ecad…

Vírus suspendeu 6.000 shows por mês no país, estima Ecad…

O Ecad (Escritório de Arrecadação e Distribuição de direitos autorais) calcula que, desde março, quando explodiu a pandemia de coronavírus no Brasil, ao menos 6.000 eventos musicais ou com música mecânica “desapareceram” a cada mês.

Lembrando que esses são apenas os shows legalizados e registrados, que recolheriam as porcentagens referentes a direitos autorais e de execução. Há uma infinidade de shows “clandestinos” no país.

A suspensão de shows paralisou toda a cadeia de entretenimento. De estrelas como Ivete Sangalo e Claudia Leitte, a shows de intérpretes e de bandas “cover” em bares, restaurantes e boates.

admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: